RAINHA D. CATARINA

Quarto

História

Catarina de Áustria ou Catarina de Habsburgo, nasceu em Torquemada em 1507 e morreu em 1578, filha de Joana de Castela, a Louca e de Filipe, o Belo, arquiduque de Áustria e Duque de Borgonha. Foi arquiduquesa da Áustria, infanta de Espanha e Rainha de Portugal, como esposa de D. João III.

Após a morte de seu pai, em 1506, sua mãe foi encarcerada em Tordesilhas, como louca e Catarina acompanhou-a, acabando por ser libertada, graças à intervenção do seu irmão, o Imperador Carlos V.

Casa então com D. João III de Portugal a 05 de Fevereiro de 1525, tornando-se rainha consorte até à morte de seu marido, em 1557.

D. Catarina fundou em 1519 o colégio dos Meninos Órfãos, dotando-o generosamente de mestres que os educassem e os instruíssem. Mandou construir vários conventos ao longo do seu reinado.

D. Catarina tinha imensa influência no governo do marido, pois o Rei confiava totalmente nela. Foi mãe da infanta Maria Manuela e do Príncipe João e avó do rei D. Sebastião. Durante a menoridade do neto, exerceu a regência do reino entre 1557 e 1562.

Deste casamento nascem nove filhos mas muitos deles, devido talvez a defeitos genéticos por parentesco próximo ao marido, não têm longa vida, falecendo de epilepsia, nomeadamente Afonso, Príncipe de Portugal (morreu com um mês e meio), Maria Manuela, Isabel Infanta de Portugal (morreu com um ano de idade), Beatriz Infanta de Portugal (morreu com um mês de idade), Manuel Príncipe de Portugal (morreu com um mês de idade), Manuel Príncipe de Portugal (morreu aos 5 anos de idade), Filipe Príncipe de Portugal (morreu aos 6 anos de idade), Dinis Infante de Portugal (morreu com um ano e meio de idade), João Manuel Príncipe de Portugal e António Infante de Portugal (morreu aos 10 meses de idade).

D. Catarina encontra-se sepultada no Mosteiro dos Jerónimos.

FAÇA A SUA RESERVA CONNOSCO!

Agende a sua chegada à Casa das Senhoras Rainhas e o número de noites que pretende ficar, nós trataremos de todos os pormenores do seu alojamento.